Abelhas e vespas - qual a diferença?

Pin
Send
Share
Send
Send


Segundo a lenda, as vespas foram criadas pelo diabo e as abelhas por Deus. Nesta base, estes últimos sempre foram valorizados pela sua capacidade de fornecer produtos importantes para a saúde humana que são utilizados no fabrico de medicamentos. Vespas sempre foram consideradas criaturas inúteis e, em alguns casos, até mesmo pragas. Mas a semelhança desses insetos definitivamente causa muitas questões e cria confusão na qual tentaremos entender hoje. E eles nos ajudarão a encontrar as diferenças entre a foto de uma abelha e uma vespa.

Aparência

Se você olhar para a vespa, vale a pena notar que ela não tem um couro cabeludo tão denso, como uma abelha pode se gabar. Isso ocorre porque não coleta o pólen. O corpo da vespa é liso, pintado com listras de amarelo e preto. A fêmea tem uma picada, que é a postura dos ovos, alterada no curso da evolução. O inseto usa-o com a finalidade de defesa ou ataque.

A abelha difere em que seu corpo é redondo e coberto de vilosidades. Contém tiras de cor amarela e preta de cor silenciada. O inseto se alimenta apenas de pólen e néctar. Em seus pés são cestas com as quais eles coletam pólen.

Assim como uma vespa, uma abelha tem uma picada. Com ele, o inseto se defende injetando uma substância venenosa sob a pele do atacante. Esta "arma" está localizada atrás da cavidade abdominal. Ao atacar, a picada geralmente permanece na vítima e a abelha morre, ao contrário da vespa. Mas há casos em que ainda é possível extraí-lo e, assim, sobrevive. É verdade que ela também perde veneno e atividade anterior.

Modo de vida

Uma vespa usa insetos para alimentar seus descendentes e na maioria das vezes prefere aranhas. Mas indivíduos maduros se alimentam do sangue da presa ou do néctar das flores. Suas larvas podem até comer alimentos sólidos.

Indivíduos públicos e solitários

As vespas são solitárias e sociais. Os primeiros não estão envolvidos na formação do ninho. Como alimento, eles podem escolher larvas de besouros, que então imobilizam e põem ovos. No entanto, a grande maioria desses insetos está envolvida na construção de ninhos. Para esses propósitos, a vespa pode usar uma casa de terra ou uma pequena depressão no solo.

A diferença entre cavar vespas em seu comportamento especial. Ela alimenta seus filhotes com vários insetos e quebra ninhos nos talos das plantas. Há também um tipo especial de alimentação chamado “subsídio fixo”. Neste caso, a vespa forma uma depressão no solo. Perto do final, ele expande para formar uma câmara larval.

No interior, coloca algumas pequenas lagartas e depura os ovos na sua superfície. Gradualmente, a larva cresce e se alimenta de lagartas. Com o tempo, um casulo é formado. A partir daí, em um determinado momento, nasce um indivíduo de pleno direito, que rompeu a saída até o topo.

Se falamos de vespas sociais, elas geralmente vivem em colônias. A criação de casas vem das células. Eles estão ligados aos ramos das árvores e edifícios através de uma perna especial. As próprias células são semelhantes em aparência ao papel. Eles são criados a partir de madeira ou grama reciclada. As vespas públicas são subdivididas em trabalhadores e em postura de ovos.

Assim que o útero cria a primeira célula, ele imediatamente depura o óvulo. Com o tempo, o resto das células se alinham em torno dele. As larvas recém-nascidas são alimentadas com insetos esmagados. A saliva que é liberada durante o processo de alimentação das larvas é coletada por indivíduos maduros. Essa tradição é chamada de trofollaksis. À medida que se desenvolve, a larva sela gradualmente a célula, formando um casulo do qual é então liberada na luz por um indivíduo de pleno direito. A célula restante está sendo limpa e continuará a ser usada para outra larva pendente.

Características da vida das abelhas

As abelhas também são solitárias, semi-sociais e sociais. Mas o primeiro tipo é o mais comum. Algumas pessoas preferem viver em visões de barro e outras - em hastes de plantas ou coroas de árvores. Dentro da marta é coberto com uma pequena camada de cera e, em seguida, é preenchido com pólen e néctar. Só depois disso a abelha começa a botar ovos. Em conclusão, bloqueia a entrada do seu buraco com terra ou pedra e começa a criar uma nova câmera.

Abelhas semi-públicas formam vários ninhos, colocando-os lado a lado. Em cada um deles, não mais do que um indivíduo geralmente vive. E cada um deles está empenhado exclusivamente em alimentar seus filhos. Fora da colméia, as abelhas são frequentemente guardas.

Valor na natureza

Apesar do fato de que muitos consideram a vespa como uma criatura inútil, esses insetos desempenham um papel importante na natureza. Primeiro de tudo, eles destroem insetos nocivos, incluindo moscas. As vespas tendem a usá-las para alimentar suas larvas.

Vespas não causam nenhum dano, mas pelo contrário, multiplicam a cultura, exterminando as pragas. Seu principal objetivo na natureza é manter a estabilidade do ecossistema, controlando o número de vários insetos.

As abelhas melíferas, coletando néctar das flores, produzem produtos úteis que são usados ​​na medicina, ou melhor, na indústria farmacêutica. Eles compram própolis, produzem cera e geléia real, criam uma oferta impressionante de mel e pão de abelha. Todos esses produtos em grandes quantidades contêm elementos biologicamente ativos que possuem propriedades curativas. É por isso que o apiário foi chamado de resorts de saúde. Ar puro e perfumado, saturado com pólen e ésteres de própolis, estimula, restaura a força, fortalece o corpo.

Além disso, as abelhas estão envolvidas na polinização cruzada de plantas. Assim, a produtividade aumenta. Isso contribui para um aumento da massa verde na superfície da terra. Graças a eles, o ambiente é preenchido com oxigênio livre, e os organismos vivos são providos de alimento vegetal.

Galeria de Fotos

Foto 1. Uma abelha poliniza uma flor Foto 2. Água potável de vespa Foto 3. Cabeça de uma abelha de perto

Pin
Send
Share
Send
Send


Загрузка...

Загрузка...

Categorias Populares